Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Rosa Affair

Rosa Affair

Vou dormir. Boa noite!

Desde que fui mãe, o meu sono mudou completamente. Nunca fui de dormir até muito tarde, mas habitualmente adormecia e só acordava no outro dia. Tinha um sono descansado e acordava pronta para mais um dia de trabalho ou descanso, no caso de ser fim-de-semana. Assim que a minha filha nasceu tudo mudou. É certo que nos primeiros meses o nosso sono fica descontrolado. Mas assim que ela começou a fazer as noites, eu deveria ter voltado ao normal, mas não consegui. Fiquei com sono de passarinho. Qualquer coisa me acorda ou eu acordo mesmo que não seja nada. E assim fiz rotina. A meio da noite acordo e lá fico eu, de pestana aberta, até o sono voltar. Às vezes levanto-me, outras não, às vezes vou tapá-la, outras não, às vezes ganho insónias, outras não. Não suporto ouvir o meu marido a ressonar: não consigo adormecer novamente. Já cheguei ao ponto de vir dormir para o sofá da sala porque não conseguia adormecer com aquele som repetitivo do ressonar. Nada disto me incomodava antes. Agora, com esta mania de acordar a meio da noite, até o gato ganhou a rotina de acordar também todos os dias mais ao menos à mesma hora. E se eu não acordo ele faz questão de passar as patas na minha cara para eu acordar. Irrito-me com ele, mas na realidade eu é que lhe coloquei este habito. Acordo com umas olheiras enormes. Por vezes, acordo com a sensação que me passou um camião por cima, pois não durmo um sono descansado.  Sono esse que sei que é pessimo, já o tinha dito aqui.

13450985_901336369995227_2698128978060866710_n.jpg

Não sei a fonte da imagem. Tirei-a do facebook.

Siga-nos no Bloglovin

Rosa Affair

Mais sobre mim

foto do autor