Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Rosa Affair

Rosa Affair

Armei-me em chefe Ramsay

Há muito tempo, ainda desde os primórdios do Hell’s Kitchen que o chefe Gordon Ramsay aliciou-me a idolatrar com os olhos a sua especialidade: O Bife Wellington.

Foi então que a minha pessoa, que poucos ou nenhuns dotes culinários possui, interiorizou mentalmente que um dia iria colocar o avental branco e colocar as mãos na massa oferecendo um jantar cuja entrada (não fosse o prato sair mal) iria ser um delicioso Bife Wellington.

O bife saiu maravilhosamente bem, talvez porque a carne era excentricamente boa, que nem me deram tempo para eu tirar uma foto.

Bom, mas antes do jantar propriamente dito precisei de preparar bem a receita pois não queria fazer uma mixórdia qualquer.

Pesquisei uma receita e vi dezenas de vezes uns vídeos no Youtube com o chefe a fazer o Bife.

Comprei os ingredientes todos no supermercado, exceto o lombo de vaca, pois não havia.

beef-wellington1.jpgImagem daqui

Tive que ir a um talho…

E aqui começa a minha aventura. Primeiro cheguei ao talho tarde e a más horas. Saí atrasada do trabalho e cheguei mesmo na hora que estavam a fechar a porta. Mas lá me deixaram entrar. Como fiquei agradecida à senhora por me ter deixado entrar, não queria atrasá-la e portanto não fiz muitas perguntas.

A senhora atendeu-me e perguntou o que eu queria:

- Quero lombo de vaca.
- Tenho ali um mesmo bom, vou buscar – diz a senhora.

Eu como não pesco nada de carnes, quando a senhora voltou, pareceu-me que trazia um bocado de carne de vaca normalíssima.

- Este lombo é mesmo bom, ainda há pouco veio aqui uma cliente importante e levou um bom pedaço. É para fazer no forno? – Pergunta a senhora.
- É, disse eu. Mas primeiro vou passá-lo na frigideira.
- Ah vai selá-lo? – Perguntou ela.

Selar? pensei eu, que raio será isso?! Mas para não me fazer de ignorante (afinal ia fazer um bife Wellington) disse – Sim sim, vou selá-lo.

- Pois, vê-se que a senhora já fez isto muita vez! Já sabe para o que vem… – continuou.
- Sim, sim já fiz várias vezes (mentira…) – disse eu.

A senhora continuou com o seu blábláblá, e que esta carne é muito boa, é lombo Mirandez e a dar a entender que só o pessoal finório é que a comprava e eu comecei a estranhar a conversa. Até que me lembrei:

- Então e quanto é o lombo de vaca ao quilo?
- São 39,90€!!!!!

Nesta altura já a senhora me tinha cortado um bocado enorme… Eu para não dar a parte fraca engoli a seco e rezei para que o bocado que ela me cortou tivesse umas 700 gramas.
Ela pôs a carne na balança e vi que os números só não pararam nos 700 gramas como subiram até 1,500 Kg. Benzi-me mentalmente umas 100 vezes à espera que a senhora me dissesse quanto era…

- São 59,90€!!!

Respirei fundo, abri a carteira, chorei as minhas três notas de 20 euros que estavam guardadas para as férias e a quase com uma lágrima no canto do olho entreguei-as e recebi 10 cêntimos de troco. Ainda pensei: - Devia pedir fatura com número de contribuinte! Ah deixa lá... Os ricos não colocam número de contribuinte nas despesas do talho (se calhar parece mal)...

- Boa tarde e obrigada, vai muito bem servida – Termina a senhora…

Bom! É nisto que dá tentar reproduzir o que é feito por um chefe. Pelo menos ainda sobraram 10 cêntimos para comer uma pastilha nas férias.


P.S. Não me batam pela a minha ignorância na cozinha. Agora já sei o que é selar a carne...

 

Siga-nos no Bloglovin

Rosa Affair

Mais sobre mim

foto do autor