Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Rosa Affair

Rosa Affair

A minha filha é impossível...

de aturar fora de casa! Pensei que isto fosse só no início quando ela era recém-nascida e que ia melhorar com o tempo. Mas já passaram 13 meses e estamos na mesma. São raros os dias que a leve comigo a algum sítio e ela se porte como um bebé calmo. Faz birra por tudo. E é assim desde recém-nascida. Até em casa dos avós e tios que é habitual irmos ela fica insuportável. Não é capaz de se entreter com nada inclusive brinquedos, detesta pessoas de volta dela e não sai de roda das nossas pernas (minhas e do pai). Quando era recém-nascida se eu conseguisse ter uma conversa seguida de 15 minutos com alguém sem ser interrompida com choro já era uma festa. Fui passar o Natal a casa da minha irmã e foi um martírio. Já fiz várias tentativas de jantar fora (num restaurante) mas desisti. Uma vez fomos ao sushi e tivemos que enfiar o sushi todo no bucho em 30 minutos que ela estava impossível. Ontem fomos a casa dos avós paternos e fez birra o tempo todo. Hoje fomos a casa dos avós maternos e só esteve calada enquanto lhe dei o jantar. E depois chega a casa e começa a brincar como se nada fosse. Até se percebia se ela não andasse no infantário…

Tenho andado a adiar este assunto e a não pensar nele porque tinha esperança que isto melhorasse. Mas hoje fiz uma retrospetiva destes 13 meses e caí em mim. Não, isto não vai melhorar. A seguir vem aí a fase dos terrible two e depois terrifying threes e por aí fora...

Definitivamente a miúda é antissocial. Igualzinha ao pai! Quem sai aos seus…!

E não sei se repararam mas o título do post é "A minha filha é impossível" e não "A minha filha está impossível". É que isto não é uma fase. Sempre foi assim! Malandra, mãe sofre e depois vem para aqui partilhar as mágoas convosco que não têm nada que levar com elas...

Siga-nos no Bloglovin

Rosa Affair

Mais sobre mim

foto do autor