Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Rosa Affair

Rosa Affair

Fui feita para ser mãe

motherdaughter_n.jpg

Amo ser mãe. Não sei como num futuro próximo conseguirei gostar ainda mais da minha filha, mas sei que este pensamento repete-se desde o dia que ela nasceu e por cada dia que passa o meu amor por ela cresce mais um bocadinho. Agora sim sei que coração de mãe é feito de elástico. Todos os dias estica mais um pouco e conseguirá esticar infinitamente, independentemente do número de filhos que tenhamos.

Por vezes apanho-me a olhar para ela e naturalmente estou a esboçar um sorriso. Naturalmente apetece-me agarrá-la, dar-lhe um abraço bem apertado como se o amanhã não existisse. Fingir que não existe ninguém à nossa volta e pedir-lhe que seja assim por muito tempo. Peço-lhe beijos que raramente são entregues, mas que quando chegam, sabem melhor ainda. Mesmo que o dia não tenha sido bom, basta um pequeno gesto e tudo passa ao ponto de parecer que até foi um dia pacífico. Vibro com todas as suas conquistas por mais pequenas que sejam. Tenho orgulho nela por coisas que se fossem com os outros eram insignificantes para mim. Gosto mais dela do que mim própria. É daqui em diante simplesmente a razão de tudo… Falo dela aos outros com entusiasmo, mas entendo que o meu entusiasmo não seja compreendido por todos. Tento controlar-me para não aborrecer os outros com as minhas lamechices, tal é a vontade de dizer ao mundo que ela é a melhor coisa que me aconteceu.

Sim, agora compreendo porque todos achamos que os nossos filhos são os mais bonitos e os melhores do mundo. A ligação com eles é tão forte que não dá para pensar de outra forma.

Acredito que todas as mães no mundo sentem isto, que amam os seus filhos mais do que todos os outros, ou que pelo menos, algumas num pequeno momento, já tiveram este sentimento pelos seus filhos.

Amo ser mãe, não me canso de o dizer!

Imagem daqui

Siga-nos no Bloglovin

Rosa Affair

Mais sobre mim

foto do autor