Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Rosa Affair

Rosa Affair

Os nossos filhos fazem-nos sentir coisas até então desconhecidas para nós…

… em todos os sentidos!

Meia-noite! Eu estava a dormir no sofá. Aterrei e lá fiquei. Começa a miúda a berrar e a tossir, parecia que se estava a engasgar! Levantei-me a correr, calcei um chinelo, o outro ficou pelo caminho e fui ver o que se passava. Quando cheguei, já estava boa. Olho arregalado como se fossem oito da manhã e hora de ir para a creche. Depois disto pô-la novamente a dormir não é tarefa fácil. Trouxe-a comigo para a sala e pedrada de sono como eu estava, deitei-a comigo no sofá. Ela lá ficou dois ou três minutos, mas depois começou a ficar impaciente. Começou a brincar e eu perdida de sono. A brincadeira era: senta-se, manda-se para trás e deita-se, senta-se, deita-se, senta-se, ri-se e deita-se, senta-se, deita-se. Entretanto a miúda repara que eu não lhe estou a ligar nenhuma. Irritada, levanta-se, senta-se e deita-se com toda a força para cima de mim. Acertou em cheio no meu nariz com a cabeça. Ela não disse piu… Eu levantei-me com vontade de a espancar, agarrada ao nariz e quase a chorar. Foi a primeira vez na vida que senti o que é levar um valente murro na tromba, daqueles bem assentes no nariz. E agora sei, isto dói, P-O-R-R-A. Tenho o nariz dormente e a cremalheira toda sensível desde ontem… Passei o dia com comichão no nariz e nem lhe posso tocar. Pelos menos não andei nas más vidas para saber o que é ser agredida por um gandulo! Um bebé pode tudo...

Siga-nos no Bloglovin

Rosa Affair

Mais sobre mim

foto do autor