Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Rosa Affair

Rosa Affair

Panorama desta manhã #3

Introdução:

1 – Todo este cenário aconteceu à tarde (foi só para não criar uma rubrica nova).  
2 – Tudo o que são equipamentos e eletrodomésticos deveriam de vir apenas com um botão On / Off ou adicionalmente (em caso de mais que um botão) deveriam de estar equipados com setas e números e com um esquema a indicar com que sequência devemos carregar nos botões para os coisas funcionarem.
3 – O tempo está um cocó e o sol não aquece a água para podermos tomar banho.
4 – Estive sozinha com a miúda e o gato até às 21 horas.


Fui buscar a miúda.
Cheguei a casa e comecei a fazer o jantar: Arroz de pato e à parte uns legumes que refoguei em azeite.
Pus o pato a cozer (estava congelado, era só dar uma fervura).
Fui preparar o banho da miúda.
Liguei a água para encher um pouco a banheira.
Despi a miúda.
Pus a mão na água para temperá-la e a água estava fria.
Esperei mais um bocado.
A água quente não apareceu.
Lembrei-me: o raio do homem mudou-me a água do esquentador para a caldeira e hoje não fez sol, não há água quente, tenho que ir mudá-la para o esquentador.
A miúda começa a correr pela casa, toda nua.
Desligo a água.
Vou à despensa, fecho a torneira da caldeira e vou à cozinha, rodo o botão mais a baixo do esquentador até aos 60 graus para o ligar (penso eu) e abro a respetiva torneira da água.
Volto ao wc e abro a torneira da água.
Espero pela água quente.
Não chegou.
Espero mais um bocado.
A água parou de correr. Agora nem água quente nem água nenhuma.
O pato continua a cozer e a miúda continua a correr toda nua pela casa.
Lá me lembrei que se calhar a torneira que abri ao pé do esquentador, já devia estar aberta e eu em vez disso fechei-a.
Voltei à cozinha e rodo novamente a torneira da água.
Quando volto ao wc piso uma coisa parecida com água.
"B. fizeste xixi no chão? - xixi é no bacio" - como se ela me ligasse alguma.
Vou buscar a esfregona e limpo o xixi.
A miúda continua a correr pela casa, toda nua e a espalhar o pingo do xixi pela casa toda!
Volto ao wc e abro a torneira.
Milagre já há água.
Espero pela água quente.
Não apareceu.
Espero mais um bocado.
Enquanto isso fui por o arroz a cozer na água do pato.
Volto ao wc.
A água continua fria.
Fonix! Mas que raio…
Desligo a água.
Volto à cozinha e olho para o esquentador.
"Isto está tudo ligado!"
Olho mais uma vez e reparo que em vez de rodar a roda da água, rodei a do aquecimento.
O aquecimento estava ligado a 60 graus e os radiadores já estavam a escaldar.
Desligo a roda do aquecimento, ligo a roda da água.
Volto ao wc.
Ligo a água.
Finalmente água quente.
Corro atrás da miúda numa tentativa desesperada de me despachar que tenho o arroz no lume.
Enfio-a no banho e foi o banho mais rápido da vida dela.
Tiro-a do banho, embrulho-a numa toalha e trago-a ao colo até à cozinha, numa tentativa de enfiar uma lata de cogumelos no arroz que ainda estava a cozer.
Ufa, já está.
Volto ao wc, visto-a.
Liberto a fera.
Começou a correr pela casa toda outra vez a pisar os pinguinhos que ainda não tinha limpo!
"Que se lixe, daqui a pouco tiro-lhe as meias e lavo-lhe os pés."
Volto à cozinha e ponho azeite a aquecer para refogar os legumes.
Ponho o arroz de pato no forno para gratinar.
A miúda aparece a dizer que tem fome.
Cheira-me a cocó.
"B. fizeste cocó? Cocó é no bacio…" – como se ela me ligasse alguma.
Agarro nela, trago-a para o wc.
Mudo-lhe a fralda e largo a fera novamente.
Volto à cozinha e reparo que o azeite que deixei a aquecer estava a ficar preto!!!
"Ai que isto está tudo queimado."

IMG_20160505_200144.jpg

Deito o azeite fora e vou buscar a garrafa do azeite ao armário para por outro a aquecer.
Com a garrafa do azeite toco no frasco dos oregãos que cai direitinho no chão: oregãos todos espalhados e o frasco partido.
"Raios parta isto…"
Finalmente consegui por os legumes a refugar.
Enquanto isso fui buscar a fralda para por no caixote do lixo que tenho na varanda.
Abro a porta e a fera nº 2, o gato, sai disparado porta fora.
Pensei "deixa-te estar que já te venho buscar, tenho que ir mexer os legumes."
Entrei, mexi os legumes, vi se o arroz no forno já estava bom e vim espreitar a miúda à sala.
Reparei que estava a ficar de noite e fechei os estores todos da casa.
Voltei à varanda para vir buscar o gato.
O gato tinha desaparecido.
"Fonix. Mas ele nunca sai daqui…"
Para não deixar a fera 1 à solta, sentei-a na cadeira, pus-lhe o prato de comer à frente, liguei a televisão nos desenhos animados (para ela ficar entretida) e enquanto isso fui procurar o gato.
Vim à varanda chamei-o: bisbisbisbisbis.
Nada.
Dei a volta a casa.
Bisbisbisbisbisbis.
Nada.
Comecei a preocupar-me! (o gato nunca sai dali).
Já enervada, voltei para ver a fera 1. Ainda estava a comer.
Voltei à rua. Chamei, chamei, chamei.
Nada.
Dei a volta à casa outra vez nada.
Nisto já está noite cerrada.
Voltei para casa, acabei de dar o jantar à miúda e eu também jantei, na esperança que o gato começasse a arranhar na porta para entrar (é o que ele costuma fazer).
Não o fez.
Arrumei a cozinha.
Comecei no desespero e no sentimento de culpa.
"Porque é que não fui logo buscá-lo."
Esperei que o meu marido chegasse.
Chegou.
Mandei-o correr a vizinhança toda à procura do gato, enquanto eu deitava a miúda.
Lá foi ele e nada.
Quando chegou já a miúda estava a dormir.
Fui à varanda outra vez.
Ele disse-me que ouvi-o miar por ali.
Chamei-o. Bisbisbisbis.
Oiço miar. Ele tá aqui perto.
O meu marido dizia que ele devia ter saltado o muro e estava a miar na casa do vizinho porque não conseguia voltar para trás.
"Então vai lá ver." - grito já enervada.
E lá foi ele. Trepou pela churrasqueira e com a luz do telemóvel apontou para a propriedade do vizinho.
Nada.
Ouvi um miar baixinho outra vez.
Gritei-lhe "já sei onde ele está."
Volto à cozinha, abro o estore e tcharannn, o gato estava preso (quase esborrachado) entre o estore e a janela da cozinha…

 

Bom, no final de contas, tudo fica bem quando acaba bem. O gato já dorme, a miúda já dorme com as meias sujas dos pinguinhos de xixi (com isto nunca mais me lembrei de lhas mudar e agora também não vou acordá-la!) e eu estou a divertir-me a escrever para não esquecer.

 

Boa noite

Siga-nos no Bloglovin

Rosa Affair

Mais sobre mim

foto do autor