Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Rosa Affair

Rosa Affair

Isto é assim: os miúdos são mesmo chatos!

Uma pessoa vai de férias e não pode ir ao mar tomar a banhoca anual porque a cria decide que a água é muito fria e grita só de lhe tentarem molhar os pés. Depois de muito insistência da minha parte, isto é, após dois dias a tentar explicar-lhe que chapinhar na água do mar é giro, ela lá começa a gostar e a divertir-se imenso.

 

Nos dias seguintes vou para a praia e quero estar descansada na toalha e não consigo! Para mim, ir ao mar é só de vez em quando e não pode estar frio. Vai que a rapariga se lembra que eu lhe ensinei que afinal chapinhar é bom e não me deixa estar cinco minutos que sejam na toalha.

 

Moral da história: Não insistir com os miúdos nestas coisas. Se não fosse este ano, ia para o ano. Agora tenho que a aturar… Bem feita! #mãetotó

 

36657223_9dda9c4e55_z.jpg

Imagem daqui

A Maria das Bolas (e não são de Berlim)!

A minha B. tem uma fixação por bolas. Para ela as bolas não podem andar por aí sem dono. Assim que vê uma bola parece que o mundo dela se ilumina. Corre o mais depressa possível, atropela tudo se for necessário, até a apanhar. Inicialmente queria as bolas todas para ela. Agora já sabe que não pode ser e então o objetivo é entregá-las ao respetivo dono. Bolas sem dono não existem neste mundo e ela não percebe porque é que os meninos não guardam as suas bolas religiosamente como ela faz com as dela. Se os meninos põem a bola no chão, lá vai ela a correr dizer-lhes que a deixaram cair. Agarra-a e entrega-a nas mãos deles. Os meninos acham-na aborrecida e eu farto-me de rir… Não posso sair de casa sem uma bola. A birra é certa se ela vê alguém com bola e eu não tenho nenhuma para ela. A minha maria das bolas…

Siga-nos no Bloglovin

Rosa Affair

Mais sobre mim

foto do autor