Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Rosa Affair

Rosa Affair

Mensagem à minha filha de dois anos

Filha,

 

Sei que te consideras crescida, mas nem por isso posso tirar os olhos de ti. Estás na idade de correr e descobrir o mundo lá fora. A nossa casa deixou de ser o teu mundo perfeito. Agora queres mais. Sei que continuas a gostar, que ficas com saudades quando regressas, mas agora queres voar mais alto. Sabes que lá fora há tanta coisa para descobrir, para brincar e para rir.

 

Podes ir, podes correr, podes descobrir, mas por enquanto, a mãe vai lá estar, de olhos postos em ti, porque ainda não percebes o perigo, não percebes que mais à frente podes cair, que te distrais e te perdes com facilidade. A mãe está lá, a observar-te, não para te proibir, mas para te amparar.

 

Ainda não és criança de metro e já queres colocar o copo em cima da bancada. Ainda não és criança de metro e já queres sentar-te numa cadeira de adulto. Ainda não és criança de metro e já queres sair da cama pelo teu próprio pé. Tens tanta pressa de crescer e a mamã tão pouca vontade que isso aconteça. Ainda assim a mãe sabe que o tempo não para e que não conseguirei impedir que deixes de ser bebé. A minha bebé. Por isso, eu deixo. Deixo que faças quando sei que consegues, deixo que faças, mesmo que te ajude sem te aperceberes, deixo que faças após te explicar inúmeras vezes como fazer. Por vezes aceitas, por vezes não. Mas a mamã tem toda a paciência do mundo. Mesmo que não aceites, um dia irás entender que afinal tudo o que a mamã explicou faz sentido.

 

Filha, não tenhas pressa. Um dia irás aperceber-te que é tão bom ser criança.  

 

Screen shot 2010-07-14 at 11.42.28 PM.png

Imagem Pinterest

Siga-nos no Bloglovin

Rosa Affair

Mais sobre mim

foto do autor