Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Rosa Affair

Rosa Affair

Eu sou das que têm frio...

Eu sou das que têm frio. Nasci no inverno, apenas com uma lareira para me aquecer e talvez tenha sido isso que me fez uma das pessoas mais friorentas que conheço. Isto faz-me achar que todos são como eu, deixando-me a fazer observações estranhas, coisas que me intrigam e que se calhar para o comum das pessoas são coisas normais.

No inverno, faz-me confusão entrar em casa e ter uma diferença de temperatura muito elevada. Começo a hiperventilar quando sinto o calor dos radiadores no meu nariz. Gosto de estar aconchegada e quentinha, mas para isso preciso de roupa. Uma blusita não é suficiente para me sentir bem. Um lençol não é suficiente para eu dormir. Um sofá sem uma mantinha não é suficiente para estar aconchegada no inverno a ver televisão…

menina com frio.jpg

Vejo-me então numa influência pouco positiva para a minha filha em questões de temperatura e elaborei uma frase que é a sina deste tipo de mães:

 

Mãe friorenta, filha friorenta terás.

 

E ainda bem que as pessoas não são todas iguais. Existem aquelas que para mim são precisamente o meu oposto - as mães quentes. Seja inverno seja verão, uma blusinha por cima da pele é o suficiente. Basta um raio de sol e os miúdos já andam na rua com meias de meia perna e roupa de manga curta. Devem ter a casa regulada à temperatura dum clima tropical para conseguirem andar como se estivessem todo o ano em pleno verão. E eu, que mesmo numa manhã de sol, basta uma brisa fresquinha para me fazer arrepiar! E eu que apanhei uma pneumonia porque num dia em pleno inverno, o ar condicionado do escritório estava congelado e demorou umas quatro horas a aquecer o ambiente! E eu que já tive a miúda internada com uma bronquiolite e sabe-se lá quantas vezes já andou constipada ao ponto de ter que fazer máscaras regularmente. Já percebi que ser assim - mãe friorenta - não me livra destes males e talvez só os acentue.

 

Mas eu não consigo, a vida levou-me a ser uma mãe friorenta e sê-lo-ei para todo o sempre, nem que tenha que acordar todos os dias uma vez por noite para ver se a miúda não se destapou. Mas admiro-vos a vós, mães quentes deste país, que me irão dizer que são exatamente o meu oposto e que nunca vocês ou os vossos filhos tiveram uma pequena constipação por andarem um pouco mais descapotáveis do que a temperatura recomenda.

Imagem daqui

Siga-nos no Bloglovin

Rosa Affair

Mais sobre mim

foto do autor