Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Rosa Affair

Rosa Affair

A manobra de Kristeller

Eu sentia-me uma pessoa informada em relação a partos. Sinceramente sentia, até hoje... Fui a formações, frequentei aulas de preparação para o parto, tirei dúvidas e dúvidas com a obstetra, fui conhecer o hospital, li, reli e voltei a ler montanhas de informação relacionada com os mesmos. Hoje descobri que durante o parto fui vítima do que chamam a manobra de Kristeller, coisa que nunca tinha ouvido falar!

A manobra de Kristeller é uma técnica obstétrica feita durante o parto que tem como objetivo aplicar pressão na parte superior do útero, com o propósito de expulsar o bebé o mais rápido possível, sem ter que recorrer a utensilio médicos tipo ventosas ou fórceps. É mais ou menos assim:

Manobra_de_kristeller-1.jpg

Esta técnica chamou-me à atenção pois ao ler como se processava, eu estava a rever o que aconteceu no meu parto. Mas, o que me pôs mesmo de antenas do ar, é que eu acho que a técnica foi mesmo muito mal aplicada ao ponto de eu considerar que foi a fase mais dolorosa do parto. Mas é que nem fui avisada! De repente só vejo o médico a colocar-se de lado, em cima da minha barriga e a dizer-me “quando vier uma contração faça força”. Nesse momento a única coisa que sentia eram as minhas costelas a ficarem esmagadas e já nem as contrações conseguia sentir pois a dor das costelas a esmagarem-se sobreponha-se à dor das contrações (com o efeito de epidural). O senhor tirou-me a força. Não consegui-a respirar. Não consegui-a ganhar folego para fazer força novamente. Até que numa réstia de esforço lá consegui fazer força e entretanto a miúda nasceu.

Do parto todo esta foi a parte que me ficou mais na memória, pois foi mesmo a parte pior. No momento ainda pensei que uma mãe faz e sofre o que tem que ser para ter um filho. Mas olhando para trás será que tinha que ser mesmo assim?

Só sei que a miúda saiu disparada, parecia um tiro de pistola. Que nem saiu a cabeça e depois o resto do corpo. Foi mesmo tudo de uma vez. Claro que, como consequência, toma lá 1h30 a ser cosida.

Bem, para a próxima será melhor (ou não). Mas pelo menos já posso dizer ao médico "Tenha lá calma que eu sei o que é isso e não gostei".

 

E fez-se luz sobre este assunto.

Veja também o testemunho de uma mãe de gémeos...

 

19 comentários

Comentar post

Siga-nos no Bloglovin

Rosa Affair

Mais sobre mim

foto do autor