Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Rosa Affair

Rosa Affair

Bebé a reboque

IMG_0224_.jpg

Confirmo, um segundo filho quando com idades próximas do primeiro, tem uma atenção muito mais reduzida, pelo menos enquanto é bebé.

 

A minha bebé está mais calma. Já fica sossegada a brincar e a rebolar e também já se acalma com a chucha. E porque já não precisamos de andar sempre com ela ao colo, pousamo-la no tapete e lá fica ela na sua vidinha. Dá sinal quando tem fome ou sono.

 

Já a mais velha, uma crescida, mas que ainda precisa de nós para quase tudo, andamos sempre de volta dela. Quando vamos tomar banho: lá trazemos a mais pequena para mais perto de nós e lá fica ela a observar. Na hora das refeições: rebocamo-la para a cadeira da cozinha, onde ela fica a observar a irmã a jantar. Quando saímos ou vamos ao parque: lá fica a desgraçada da criança no ovo a observar. Na hora de brincar: acabamos por dar uma maior atenção à mais velha, pois ela não se cala. Ó pai…, ó mãe…, vem aqui, olha aqui, canta isto, pinta aquilo, onde está o bebé, joga comigo, salta, corre, vai buscar a plasticina, aiiiii… E a pequena ali fica, às vezes juro que me esqueço dela por cinco minutos e quando me lembro até me cai o coração aos pés e venho a correr ver como ela está. Mesmo quando tento sentar-me ao pé dela um pouco, lá vem a mais velha que faz qualquer coisa que me distrai da atenção que eu estava a dar à mais nova. E pronto, esta criança anda a reboque de tudo o que a família faz. Espero que faça pouca diferença…

Imagem daqui

Siga-nos no Bloglovin

Rosa Affair

Mais sobre mim

foto do autor