Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Rosa Affair

Rosa Affair

Há sempre uma primeira vez para tudo

Já todos os que por aqui passam sabem que a minha pequena Godzilla esteve internada no hospital com uma bronquiolite. Andei a espalhar a informação pelos posts que tenho escrito e além disso tenho andado bastante ausente. Agora que a pequena já está melhor, aqui fica a história completa e o que me levou levá-la às urgências. Não sou pessoa de ir às urgências por qualquer coisa e fico de consciência pesada se for lá caso não seja necessário.

baby-feet.jpg

Começou com uma ligeira tosse no sábado. No domingo fomos a um concerto para bebés e notei que ela estava a ganhar febre durante o espetáculo. Nesse dia comecei a dar-lhe Onsudil e os medicamentos para a febre. Até terça teve febre de 4 em 4 horas e fomos ao pediatra à tarde. O pediatra pediu para continuar com o Onsudil e passou-lhe antibiótico. Nunca tinha tomado antibiótico até aquele dia. Disse-me também que ela podia andar mais 48h com febre. Nesse dia pouco brincou e pouco comeu. Na quarta não brincou, não comeu, só dormiu e estava deitada no sofá. A minha opinião é que ela já deveria estar a reagir ao medicamento, mas como ainda não tinham passado as 48h deixei passar mais um pouco. Cheguei do trabalho e continuava na mesma. Continuei a achar que não era normal ela não brincar e só querer estar deitada. Liguei para a linha de saúde 24. Disseram-me para esperar as 48h de medicação e então que me ligavam novamente para saber se estava melhor. Ainda nessa noite fui para uma formação e voltei às 22h30. Quando cheguei vi que ela estava na mesma ou pior. Só dizia “oh mamã oh mamã”. Não aguentei mais. Convenci o meu marido que os senhores da linha de saúde 24 não perceberam os sintomas que descrevi e que se apanhássemos vergonha no hospital era para bem da minha pequena. E contrariado lá foi comigo. Após fazer duas máscaras, mediram-lhe o oxigénio no sangue. E mediram outra vez com outra máquina e ainda uma terceira com outra máquina. - Com estes valores não pode sair daqui!

Raio!

Lá ficámos 4 dias. Foi muito saturante para ela e para mim. Foi muito difícil entreter uma bebé de 17 meses presa a uma cama do hospital durante tanto tempo. Passava o dia a fazer máscaras, limpezas ao nariz e a levar oxigénio. Não suportava médicos, enfermeiros nem auxiliares. Não comia por birra e teimosia. Andou 4 dias a leite e só o começou a beber quando fui buscar o biberão dela a casa. No final quando saímos, ainda não totalmente recuperada, coloquei-a no chão e ela já não sabia andar (também estava bastante fraca, o que não ajudou). Cheguei a casa com a certeza que ela ia comer uma refeição normal. Tinha a certeza que o facto de ela não comer no hospital era apenas por teimosia. E assim foi. Dei-lhe sopa, o segundo e fruta e comeu tudo. Só na terça seguinte começou a recuperar o sorriso. O meu melhor presente de Natal. Já não aguentava mais vê-la naquela apatia aflitiva.

Veio cheia de manhas e mimos. Esta semana vamos tentar recuperar a rotina. Está mais mimenta do que nunca e mais agarrada à mãe do que nunca. E eu fiz-lhe as vontades quase todas enquanto lá estivemos. Estreguei-a completamente, mas foi por uma boa causa… Ela voltou recuperada.

Obrigada Pai Natal, por nos teres deixado passar o Natal em Família.

Imagem daqui

Siga-nos no Bloglovin

Rosa Affair

Mais sobre mim

foto do autor