Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Rosa Affair

Rosa Affair

Já não sei escrever!

concurso-publico16.jpg

Eu sou muito virada para as tecnologias. Trabalho nelas, com elas e para elas. E cada vez que tenho que escrever em papel de forma séria começo a aborrecer-me. Já não tenho jeito, começo a comer as letras das palavras e após uma frase, já não há letra que se perceba. Juro que me fica a doer o braço. É triste dizer isto:

Eu já não sei escrever à mão!

Já não tenho calo, o braço já não está treinado e aborrece-me. A verdade é que perdi a paciência, perdi a habilidade e perdi a minha letra linda que me acompanhou durante uma vida inteira de estudos.

 

Mas, apesar de tudo o que disse, eu tenho um caderno de apontamentos. Diariamente escrevo nele, mas utilizo-o apenas para apontar um recado, uma lista, um número, para 'riscanhar' quando estou a pensar, para fazer um esquema, para explicar em desenho, mas nada que tenha que ser percetível a terceiros.

 

Depois vêm os formulários. Que flagelo. Cada vez que tenho que escrever a minha morada começo a 'panicar'. As vezes penso que quem os cria não deve dever muito à inteligência. Hoje ao preencher os formulários para inscrever as miúdas na escola, escrevi 10 vezes a mesma morada, 10 vezes o mesmo nome e 8 vezes o mesmo número de telemóvel. Ia a meio e já olhava para baixo para ver quantas mais vezes teria de escrever a morada. Quando acabei, olhei para o formulário e reparei que as letras de cima estão bonitas e percetíveis, ao meio as palavras estão meias escritas e em baixo mais parece letra de médico. Nunca consigo reproduzir a minha assinatura do cartão de cidadão simplesmente porque a assinatura é a última coisa a escrever e nessa altura já estou a escrever com 'fonte' de médico.

 

E eu, preocupada que sou com tudo e com todos, estou aqui a fazer serviço público e a pedir para os senhores que criam formulários tenham atenção à redundância. Melhor! peçam para preencher formulários online. Acaba-se o desperdício de papel, não há forma de não perceberem uma palavra, não há enganos a passar o formulário para a aplicação informática e somos todos mais felizes.

 

Obrigada!

Imagem daqui

Siga-nos no Bloglovin

Rosa Affair

Mais sobre mim

foto do autor