Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Rosa Affair

Rosa Affair

Não quer, não insisto

c178bf325320e05f7407612b8afff2fa.jpg

A B. anda na piscina desde os dois anos. O inicio não foi maravilhoso, mas como ia com o pai ou com a mãe, a coisa foi-se desenrolando e ela até começou a gostar. Este ano, a piscina iniciou-se em Setembro, mês de grandes mudanças na vida da pequena. Para além de ter mudado de escola, educadora e coleguinhas, também na piscina teve de começar a ir sozinha, sem o pai ou a mãe. E todos os dias de manhã ela me perguntava "que dia é hoje?". Quando respondia que era sábado, então começava a choradeira. "Não quero ir à piscina" – dizia. E isto repetiu-se durante todo o mês. E eu insisti e foi. E todos os dias saía de lá com a sensação que aquilo não lhe estava a fazer bem. Sempre a chorar, muito nervosa e a tremer. Detesto vê-la assim, nota-se perfeitamente que está infeliz.

 

Decidi então que se não quer ir, não vai e não insisto mais. É claro que se eu a deixasse chorar por mais dois meses, podia ser que a coisa se resolvesse. Mas comigo não é assim. Ou quer, ou não quer. Não tenho necessidade que ela aprenda a nadar com urgência. Não tenho piscina e não vivo ao pé da praia. Além disso não era só a piscina. Durante a semana era (e ainda continua a ser) um problema para ir para a escolinha nova. Sendo que apenas ao domingo não chorava.

 

Visto que não é possível na minha cidade ir com ela para dentro da piscina após os três anos, vamos então pausar um pouco as idas à piscina e um dia, no dia em que a escola já não seja problema e no dia em que ela tomar a iniciativa, faremos então uma nova tentativa.

 

Imagem daqui

Siga-nos no Bloglovin

Rosa Affair

Mais sobre mim

foto do autor