Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Rosa Affair

Rosa Affair

O Gato cá de casa #1

Encontrei este painel na loja do Gato Preto, li-o e fiquei um pouco inquieta. É que quase nada do que está aqui escrito, o meu gato faz. E ainda por cima, todas as pessoas que dizem ter gatos, dizem também, que os seus gatos são muito afetuosos e estão sempre ao pé deles. O meu é precisamente o contrário. Acham normal? E já é o segundo gato Persa que tenho! O primeiro era tal e qual. Acho que o problema é que não soube educá-los, portanto talvez vá comprar este painel e vou colocá-lo à porta da caixa da areia para ele o ler sempre que vai ao wc!

Ora Vejamos:

- Ronronar alto: raramente! Só se estivermos num dia de sorte é que o conseguimos pô-lo de pernas para o ar e fazendo umas festas ele ronrona p'ra aí 2 minutos. Depois cansa-se e foge!

- Dormir no sofá: O meu gato tem fases. Arranja um canto para dormir e passa lá horas a dormir. Como o sofá é o sítio mais movimentado da casa, raramente vem para cá dormir. Ele quer paz e descanso e não gosta de ser incomodado.

- Lavar-se: Pronto, vá, esta ele faz. Já não basta ter um gato que me deixa a casa cheia de pêlo, o que mais me faltava era ter um gato badalhoco! Portanto, nesta não me queixo, se bem que coitado, come 100 kg de pêlo para se lavar...

- Brincar: Podem comprar-lhe 1000 brinquedos para gato, que os 1000 brinquedos serão ignorados! Antigamente ainda lhe fazia umas bolas de papel de alumínio e ele brincava, mas agora já as ignora... Apenas brinca com coisas que não deve e quando não estamos a ver. É o caso dos cotonetes, que quando esquecidos no wc, desaparecem e depois aparecem por baixo da máquina de lavar e também já foi o caso de uma aliança que foi deixada em cima do lavatório e que por acaso foi encontrada entalada no ralo...

- Subir até ao topo: Esta ele também faz, infelizmente! Se é para estar, há-de ser bem alto, normalmente em cima da mesa ou em cima do aparador ou em cima da sapateira, ao ponto de não se poder ter jarras com água e flores em casa. Vai parar tudo ao chão, principalmente se for um objeto novo que tem que ser cheirado de uma ponta à outra! Ah! e não é necessário comprar ginásios porque estes não têm altura suficiente e não servem para dormir...

- Miar baixinho: N-U-N-C-A. Se é para miar há-de ser bem alto para todo o condomínio ouvir. Normalmente mia quando vai ao WC, para alguém ir limpar a poia! Ou mia durante a noite quando todos estão a dormir porque ninguém brinca com ele ou então durante a sesta da Baby B. (Aí é que me estala o verniz!!!, ela tem um sono tão leve, que qualquer coisa é motivo para acordar!).

- Ser bom caçador: Ele não sabe o que é isso! O mais parecido com caçar é, após eu matar uma mosca com o mata-moscas, ele é mais rápido do que eu e vai comê-la, mas isso não faz dele um caçador... Depois tenta caçar os gelados que nós vamos comer para o sofá. Coloca-se a olhar para nós até alguém se cansar e dar-lhe um bocadinho de gelado!

- Amar: Ãh, isso existe? O meu gato quanto mais longe está das pessoas melhor. Se estamos no sofá, ele está na ponta contrária da casa onde ninguém lhe possa tocar. Se, quando vou dormir, ele está na minha cama, foge logo para o sofá! A Baby B. tem que estar no mínimo a 1 km dele. Qualquer som que ela emita é razão para ele fugir para o mais longe possível dela!

- Usar a caixa da areia (ou wc): é a segunda coisa da lista que ele faz. De qualquer forma, quando o faz, faz de forma errada. Ele usa a caixinha da areia sempre, mas como tem o pêlo muito comprido, consegue, a maior parte das vezes, arrastar tudo com ele para fora da caixa. Tenho de andar sempre a cortar-lhe o pêlo na zona critica, para ver se ele consegue ir ao wc direitinho! De qualquer forma, ao tapar as suas necessidades, como não controla a força (gosta de se afirmar! é macho!), consegue mandar areia para a outra ponta da casa. O que mais me enerva, é eu andar descansadinha em casa e P-O-C, pisei areia! Bahhhhahahha, lá tenho eu de ir varrer aquilo...

- Mostrar afeto: Isto é a mesma coisa do amor. N-A-D-A. A única coisa parecida com isto é "Pedir afeto". E isso, só acontece quando chegamos a casa e ele se poe de barriga para cima para lhe coçarmos a barriga. No fim de satisfeito desaparece e nunca mais ninguém o vê!

A minha sensação é que se eu tivesse uma gatinha (Fêmea) era bem mais amorosa e afetuosa, que este Gatunças Monte de Pêlo...

Ah esqueci-me de dizer que ele passa os dias a olhar para a rua, mas quando vai à rua, ao ouvir um som corre para casa! É mesmo totó...

Siga-nos no Bloglovin

Rosa Affair

Mais sobre mim

foto do autor